Em rodada agitada, Palmeiras ultrapassa Internacional e encosta no líder São Paulo

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Paraná é derrotado em clássico e se isola cada vez mais na lanterna; Gabigol amplia vantagem na artilharia

 

Clima de indefinição, ascensão de candidato forte e muitos momentos marcantes. Eleições? Estamos falando do Campeonato Brasileiro!

A disputa pela liderança da competição está cada vez mais embolada, principalmente tendo em vista o tropeço do São Paulo (51 pontos), que ficou no empate por 1 a 1 contra o América-MG (31 pontos) em pleno Morumbi lotado. O Internacional (50 pontos), que poderia ter assumido a liderança, também não saiu do 1 a 1 contra o Corinthians, em Itaquera.

Quem riu à toa desses resultados foi o Palmeiras (50 pontos), que bateu o Sport (24 pontos) por 1 a 0 na Ilha do Retiro e chegou à vice-liderança, completando uma sequência de quatro vitórias nos últimos cinco jogos. O time pernambucano segue estacionado na 19ª posição.

Também na parte de cima, o Flamengo (48 pontos) conquistou uma vitória suada por 2 a 1 diante do Atlético-MG (42 pontos) no Maracanã. E falando em vitória suada, o Grêmio (47 pontos) bateu o Ceará (27 pontos) de virada por 3 a 2 em sua arena para manter-se no 5º lugar, deixando a equipe nordestina em 17º, colocação que abre a zona de rebaixamento.

Na mesma ponta da tabela, o Paraná (16 pontos) segue segurando a lanterna. Na partida do último domingo (23), a equipe tricolor foi derrotada pelo Atlético-PR (33 pontos) por 3 a 0 em clássico disputado na Arena da Baixada.

Nos confrontos que fecharão a rodada, a Chapecoense (28 pontos) receberá o Fluminense (31 pontos) na Arena Condá, enquanto o Vasco da Gama (25 pontos) terá pela frente o Bahia (29 pontos) em São Januário. Ambas as partidas terão início às 20h desta segunda-feira (24).

Artilharia

Gabriel Barbosa, do Santos, foi às redes novamente e se isolou ainda mais na liderança com 13 gols. Apesar do bom momento do atacante, o alvinegro praiano foi derrotado pelo Cruzeiro por 2 a 1 no Mineirão.

Em seguida, aparece Pedro, do Fluminense; Ricardo Oliveira, do Atlético-MG; e Pablo, do Atlético-PR, com 10 tentos anotados. Willian, do Palmeiras, e Diego Souza, do São Paulo, vêm na sequência com 9 gols, o mesmo número de Róger Guedes, que deixou o Atlético-MG na última janela de transferências.

Nenê, meia do São Paulo, tem 8 gols marcados, enquanto Lucas Paquetá, do Flamengo; Gilberto, do Bahia; Nico López, do Internacional; Yago Pikachu, do Vasco; e Everton, do Grêmio, aparecem empatados na 5ª com 7.

LEIATAMBÉM