São Paulo tropeça e Palmeiras assume liderança; Flamengo sai do G-4

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Fique por dentro dos principais destaques da 27ª rodada do Campeonato Brasileiro

Equilíbrio em alta na parte de cima da tabela. Em uma das edições mais acirradas do Campeonato Brasileiro na era dos pontos corridos, o Palmeiras assumiu a liderança neste domingo (30) após vitória por 3 a 1 sobre o Cruzeiro (7º lugar), indo a 53 pontos.

Rival local, o São Paulo não saiu do empate por 2 a 2 diante do Botafogo (12º lugar) e caiu duas posições, ficando com 52. Os comandados do uruguaio Diego Aguirre também foram ultrapassados pelo Internacional, que bateu o Vitória (16º lugar) por 2 a 1 e foi a 53 pontos, perdendo para o Palmeiras no saldo de gols.

Com um golaço de Éverton no apagar das luzes, o Grêmio levou a melhor no duelo de tricolores contra o Fluminense (10º lugar), garantindo 1 a 0 no placar. A equipe gaúcha foi a 50 pontos e roubou o 4º lugar do Flamengo, que amargou um empate por 0 a 0 contra o Bahia (14º lugar) na Arena Fonte Nova e ficou nos 49.

Fazendo o placar mais elástico da rodada, o Atlético-MG venceu o Sport (19º lugar) por 5 a 2 e diminuiu a distância para o rubro-negro carioca para apenas 4 pontos.

Na parte de baixo da tabela, o Ceará conseguiu respirar ao bater a Chapecoense por 3 a 1 no Castelão. O alvinegro cearense foi ao 15º lugar, com 30 pontos, enquanto os catarinenses seguem na zona de rebaixamento, ocupando a 18ª colocação com 28 pontos.

Nesta segunda-feira (01), Paraná e Vasco fazem o duelo dos desesperados na Vila Capanema. A bola rolará para a partida entre o 20º e 17º colocados, respectivamente, às 20h.

Artilharia

Gabriel Barbosa não entrou em campo na vitória do Santos contra o Atlético-PR por 1 a 0, mas segue na liderança dos principais goleadores do Brasileirão, com 13 anotados.

Ricardo Oliveira, do Atlético-MG, se isolou na vice-liderança com 11 gols após fechar a conta na vitória do Galo contra o Sport. Na sequência aparecem Pablo, do Atlético-PR; Pedro, do Fluminense; e Diego Souza, do São Paulo, com 10 gols.

Apesar de não atuar desde o 1º turno do campeonato, Róger Guedes, à época no Atlético-MG, se mantém na 4ª posição com 9 gols ao lado de Willian, do Palmeiras. Fechando o top 5 estão Nenê, do São Paulo; Everton, do Grêmio; Gilberto, do Bahia; e Yago Pikachu, do Vasco, que marcaram 8 vezes.

LEIATAMBÉM