China e EUA se aproximam e mercados reagem

O Ibovespa rompeu mais uma marca história e encerrou a quinta-feira (07) valendo 109,398 pontos, com alta de 0,96%. O bom resultado foi puxado principalmente pelo desempenho das ações da Petrobras. Investidores de olho nos resultados da estatal para a exploração dos blocos de pré-sal. Os papéis da Vale e da Usiminas também operaram com viés de alta. Em um dia de avanços nas negociações entre China e Estados Unidos. Também teve reflexo na alta de preços do minério de ferro. A Natura liderou os ganhos do Ibovespa, depois do anúncio de que o CADE aprovou sem restrições a aquisição da Avon. Ainda na temporada de balanços do terceiro trimestre, os investidores reagiram ao anúncio dos resultados da IRB Brasil e do Banco do Brasil. O dólar teve novos avanços e passou dos R$4,10. Resultado da frustração em relação a participação estrangeira no megaleilão do pré-sal.