Delfim Netto, Mendonça de Barros, Samuel Pêssoa, Marcos Mendes e Otaviano Canuto apontam soluções