Facebook: cúmplice de fake news eleitorais

Nova diretriz do Facebook permite que políticos e campanhas possam espalhar desinformação sem risco de terem conteúdo removido. O fundador e CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, prestou depoimento no Congresso dos EUA para detalhar os critérios para lidar com fake news. Ele ficou desconcertado com as investidas da deputada democrata Alexandria Ocazio-Cortez. Como serão as eleições de 2020 nos EUA e no Brasil diante das novas regras do Facebook? Na Coluna do Garrone, entrevistas com Luli Radfahrer, professor de Inovação e Interações Digitais/ ECA-USP. Além de falar com Lucas Calil, coordenador de Linguística/FGV DAPP).