Nova categoria do Uber: conveniente ou insensível?

O Uber lançou a categoria Comfort, que dá ao passageiro a opção de não falar com o motorista. A versão – que já está em uso nos EUA – chega ao Brasil em Novembro. Mariliz Pereira Jorge comenta essa novidade. É mais prática? Ou é insensível e o passageiro acaba perdendo a chance de conhecer outra pessoa? Até onde vai a preocupação com a conveniência nos serviços?