O futuro do Supremo

No Dinheiro na Conta, Gabriela Lisbôa entrevista o jurista Wálter Maierovitch. Eles falam sobre o pedido da defesa de Lula para que o ex-juiz Sergio Moro seja colocado em suspeição. O pedido, aliás, é decorrente do vazamento das conversas entre Moro e profissionais da Lava Jato. O professor explica que o que tramita hoje é um pedido para que Lula cumpra a prisão num regime semiaberto. Maieróvitch ainda explica que o Supremo está se mostrando um tribunal político e aponta irregularidades, como por exemplo, o fato de o juiz Gilmar Mendes ter um instituto com o qual ganha dinheiro. Ademais, a deputada Janaína Paschoal protocolou um pedido de impeachment do juiz Dias Toffoli, do STF, por suspender processos baseados em informações do Coaf.
Juliana Causin cobre o leilão de portos na B3 e entrevista o ministro da infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, sobre os benefícios da privatização e das ações a longo prazo para trazer investimentos e melhorar o desemprego. O diretor executivo do movimento Pró-Logística do Mato Grosso, Edeon Vaz Ferreira, perguntou ao ministro sobre as hidrovias. Enfim, descubra aqui o Futuro do Supremo e de que maneira o Supremo interfere na sua vida e na economia.