Supremo analisa liberdade de Lula e Bolsonaro acena a 2022

Daniela Lima, da Folha de S. Paulo, fala sobras as supostas mensagens divulgadas pelo site The Intercept Brasil nas últimas semanas. Ela analisa a reação do ministro Sérgio Moro aos vazamentos. Hoje, a 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal decidiu manter preso o ex-presidente Lula. Ele cumpre pena desde abril do ano passado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do “triplex do Guarujá”. Portanto, os advogados de Lula acusam Moro de parcialidade ao assumir um cargo 1º escalão do governo Bolsonaro. Enfim, veja também os acenos do presidente Bolsonaro para a disputa de 2022.