BOLSONARISTAS: A DEFESA DA DEMOCRACIA COMO DESCULPA PARA UM GOLPE

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Mariliz Pereira Jorge analisa as diferentes reações às duas operações da Polícia Federal que marcaram a semana. Na terça-feira, os investigadores tiveram como alvo o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel. No dia seguinte, a PF cumpriu uma série de mandados de busca e apreensão contra grupos de extrema direita. Enquanto apoiadores do presidente Jair Bolsonaro exaltaram a ação da PF no primeiro caso, eles reclamaram do que alegavam afronta a democracia no segundo caso. Será que esses argumentos fazem sentido?

LEIATAMBÉM