O que falta para Bolsonaro demitir Weintraub?

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A Comissão de Ética da Presidência da República aplicou uma advertência ao ministro da Educação, Abraham Weintraub, por conta de mensagens comparando os ex-presidentes Lula e Dilma à cocaína. A Defensoria Pública da União informou a Justiça que ministro da Educação cometeu ‘ofensa ao princípio da impessoalidade’ para ajudar um único estudante, cujo pai apresentou uma reclamação no Twitter. São algumas das últimas polêmicas em que se meteu o ministro. Ele também já bloqueou jornalistas e críticos, insultou internautas e ainda espalhou a fake news de que o jornalista Reinaldo Azevedo havia sido demitido da rádio BandNews. Isso tudo em meio às irregularidades encontradas no Enem.

LEIATAMBÉM