BC INTERFERE E DÓLAR RECUA DEPOIS DE TRÊS MÁXIMAS HISTÓRICAS

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Depois de três sessões com fechamento recorde, o dólar recuou nesta quinta-feira. Moeda fechou a R$4,21, com queda de 1%. Além disso, Ibovespa reagiu e voltou ao nível dos 108 mil pontos, com alta de 0,54%. No mercado de câmbio, duas notícias tiveram influência para esse recuo da moeda. O Banco Central realizou a quarta venda de dólar a vista na semana, no valor de US$1 bilhão enquanto os investidores colocaram no radar, também, o reajuste do Ministério Economia em relação a balança comercial – de déficit de US$1 bilhão para superávit de US$2,7 bilhões. No noticiário corporativo, destaque para os papéis dos grandes bancos, que encerram com perdas depois que o governo anunciou o limite de 8% para juros praticados no cheque especial. A medida deve representar uma queda de até 5% no lucros das instituições financeiras no próximo ano.

LEIATAMBÉM