Reunião do G20 será menos produtiva do que o mercado gostaria

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

No Morning Call desta sexta-feira (28), Vanessa Gonçalves conversa com Fabio Passos, Fabio Passos, CIO do CA Indosuez. Para fechar a semana, o gestor comenta o impacto no mercado do atraso da leitura do relatório da reforma da Previdência. Com a sequência do morde e assopra entre Congresso e governo, Rodrigo Maia continua como o fiador da medida. Enquanto isso, o Conselho Monetário Nacional definiu meta de inflação em 3,5% para 2022, o que foi visto com bons olhos pelo mercado. No cenário externo, os resultados preliminares da reunião do G20. Mas o presidente Jair Bolsonaro não tem se saído muito bem. Alfinetou Angela Merkel, teve encontro com Trump e teve reunião cancelada com Macron por críticas à questão ambiental. De acordo com Fabio Passos, Bolsonaro perde chances enormes de estreitar relacionamento com a Europa em um momento tão delicado para a economia global. Porém, Trump tem encontro marcado com Xi Jinping e o mercado aguarda que possa ser um primeiro e importante passo para o fim a guerra comercial.

LEIATAMBÉM