colunista Juliana Braga
Jornalista do MyNews
CPI DA PANDEMIA

Copa América: CPI da Pandemia vota convocação de Rogério Caboclo na quarta-feira

Randolfe Rodrigues quer ouvir o presidente da CBF sobre quais são os protocolos de segurança do torneio rejeitado por Argentina e Colômbia
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A CPI da Pandemia deve votar nesta quarta-feira (2) a convocação do presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo. A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) anunciou nesta segunda-feira (31) que o Brasil sediará a Copa América em junho e julho. A Argentina e Colômbia, países escalados como anfitriões do evento inicialmente, abriram mão do posto.

O requerimento de convocação de Rogério Caboclo é de autoria do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), vice presidente da CPI. Segundo ele, a previsão de votar o requerimento é quarta-feira, porque há urgência na análise, já que a Copa América se inicia em 13 de junho. No requerimento, Randolfe justifica a convocação pela necessidade de ouvir de Caboclo quais medidas foram adotadas para garantir a segurança sanitária dos brasileiros e das delegações estrangeiras durante o evento.

A previsão da Conmebol era realizar o evento em Manaus, Recife, Natal, Brasília e Pantanal. O governo de Pernambuco, no entanto, já emitiu nota citando “cenário epidemiológico”, rejeitando a possibilidade de sediar o torneio.

Rogério Caboclo, presidente da CBF. Foto: Lucas Figueiredo/CBF/Fotos Públicas
Rogério Caboclo, presidente da CBF. Foto: Lucas Figueiredo/CBF/Fotos Públicas
Inscreva-se na newsletter
Relacionadas
Mudança
Alvo de duas ações no STF, ministro pediu para deixar a pasta nesta quarta-feira alegando motivos familiares
INVESTIGAÇÃO
À época ministro da Justiça, Mendonça seria o responsável por repassar eventual queixa à Polícia Federal
LISTA TRÍPLICE DA PGR
Em decisão inédita, membros do Ministério Público Federal escolhem uma mulher para liderar a lista
ATUAÇÃO DO GOVERNO
Em entrevista à GloboNews, vice-presidente diz que faltou uma “campanha de esclarecimento firme”
Almoço do MyNews
Emerson Kapaz, que também foi deputado federal, diz que venda da estatal vai deixar o Brasil livre de um “gigante” que suga “recursos públicos”
VACINA INDIANA
De dezembro de 2020, quando começaram as negociações, a fevereiro deste ano, a vacina teve um aumento de 1.000%

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de Cookies. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.