A MORTE DO MILICIANO E AS RELAÇÕES COM O CLÃ BOLSONARO

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

No Sem Politiquês, Bruno Boghossian, jornalista da Folha de S. Paulo, fala sobre a morte do ex-capitão da PM, Adriano da Nóbrega. Ele estava foragido há mais de um ano, acusado de chefiar um esquadrão da morte na zona norte do Rio. A mãe e a esposa de Adriano trabalharam no gabinete do então deputado Flávio Bolsonaro, no Rio de Janeiro. Veja nesse vídeo explicações sobre os personagens envolvidos na história. Bruno analisa o caso sem resvalar na teoria da conspiração e sem blindar ninguém.

LEIATAMBÉM