OPERAÇÃO POLICIAL

Miliciano suspeito de mandar matar Marielle Franco é preso na Paraíba

Homem apontado por viúva de capitão Adriano Nóbrega como mandante do assassinato da vereadora Marielle Franco será transferido para o Rio de Janeiro
por 
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A Polícia Civil da Paraíba prendeu na noite desta quarta (28) o homem apontado pela viúva do capitão Adriano Magalhães Nóbrega (morto na Bahia e investigado por chefiar milícias no Rio de Janeiro) de ter matado a vereadora Marielle Franco (PSol/RJ), em março de 2018. Almir Rogério Gomes da Silva é apontado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro como um dos chefes de uma milícia no estado. Ele foi preso por policiais da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado, no município de Queimadas, na Paraíba.

Em entrevista à revista Veja, a viúva do capitão Adriano Nóbrega disse que o marido foi procurado por milicianos da milícia Gardênia Azul para planejarem o assassinato da vereadora Marielle Franco. Ainda segundo a viúva, Nóbrega teria se recusado a participar do crime.

O mandado de prisão foi cumprido com base na condenação do investigado em outro assassinato, em outubro de 2018. Junto com Almir Rogério também foi preso um outro homem, suspeito de um assassinato no Rio de Janeiro, em junho deste ano – possível motivo da fuga para o estado da Paraíba.

Investigações não avançaram

A vereadora Marielle Franco (PSol/RJ) foi assassinada a tiros na noite de 14 de março de 2018, juntamente com o motorista do veículo que a conduzia, Anderson Pedro Gomes. A principal linha de investigação aponta para uma execução planejada por milícias atuantes no município do Rio de Janeiro. Após três anos do crime, entretanto, o crime ainda não foi solucionado.

Relacionadas
INTERNACIONALIZAÇÃO
Canal MyNews abre escritório em Portugal e anuncia parceria com Almedina para publicar livros e realizar cursos online comercializados nos países de língua portuguesa
Imunização
Anúncio ocorre após resultados preliminares dos testes de fase dois e três. Tolerância ao imunizante é comparável à da faixa etária de 16 a 25 anos
CUMBRE VIEJA
Mesmo com intensa atividade no vulcão, a chance de um tsunami chegar ao Brasil ainda é considerada pequena por especialistas
CLUBE DO LIVRO
Obra do Clube do Livro está com 30% de desconto na Editora Dublinense. Dá tempo de comprar, ler e participar do bate-papo entre leitores e assistir a live com o autor
ESPECIAL
Nascido no Recife, em 19 de setembro de 1921, Paulo Freire acreditava numa educação libertadora, que colocasse as pessoas no centro do aprendizado e de uma contextualização da realidade, com suas diferenças e contradições
PANDEMIA
Neurocientista Steven Rehen destaca que efeitos são causados pela capacidade do Covid-19 alterar genes que fazem corpo responder a neuroinflamações e por provocar lesões microvasculares no cérebro
Inscreva-se na newsletter

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de Cookies. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.