Cultura

“Morreste-me” é obra do Clube do Livro do MyNews em setembro

Livro do mês está com 30% de desconto para os membros do canal na editora Dublinense. "Morreste-me'' foi a obra que revelou o escritor português José Luis Peixoto
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Participe do Clube do Livro do MyNews e ganhe descontos nas obras selecionadas mensalmente. Compre direto com a editora ou site autorizado e receba o livro no endereço que escolher. Os membros garantem participação no Encontro de Leitores e podem conversar com os escritores em uma Live no fim do ciclo. 

Se já é membro, clique aqui para acessar seu código de desconto e conferir a programação dos eventos de setembro. Se ainda não é membro, clique aqui e conheça nosso programa de membros. As compras com o cupom dos membros podem ser feitas pelo site da Editora Dublinense.

'Morreste-me', de José Luís Peixoto, é a obra do mês no Clube do Livro MyNews
‘Morreste-me’, de José Luís Peixoto, é a obra do mês no Clube do Livro MyNews. Foto: Reprodução (Divulgação)

Clube do Livro de setembro traz “Morreste-me” do escritor José Luis Peixoto

Publicada no ano 2000 em Portugal e em 2015 no Brasil, “Morreste-me” é um livro tocante e comovente. O relato da morte do pai, o luto e, ao mesmo tempo, uma homenagem. Já aviso logo de início: prepare-se para se emocionar. Os mais “manteiga derretida”, como eu, vão chorar. E digo mais: é lindo, vale cada lágrima. Nos toca a forma como o filho conta sua própria vida depois da morte do pai. Ele se aborrece com o mundo que insiste em continuar girando, enquanto aquele vazio preenche a casa e afronta a rotina. O filho conversa com o pai “impossivelmente morto” enquanto relembra os últimos momentos juntos em casa ou no hospital. A resposta do narrador à “mágoa indiferente deste mundo que finge continuar” é: “Pai. Tudo o que te sobreviveu me agride. Pai. Nunca esquecerei”. 

Ao escrever, pensar e falar sobre a morte, o autor faz uma reflexão sobre a vida, o amor, o tempo. Valores tão caros à nossa existência e, ao mesmo tempo, tão menosprezados. Peixoto escreveu “Morreste-me” aos 21 anos, em 1996. Quando a obra chegou às livrarias do Brasil em 2015, ele já era considerado um dos principais autores de sua geração. O livro também trata do amadurecimento. “Pai, que nunca te vi tão vulnerável, olhar de menino assustado perdido a pedir ajuda. Pai, meu pequeno filho”. Para nossa sorte, diante da dor extrema, o filho se descobriu escritor. Numa entrevista na época do lançamento, Peixoto classificou assim a literatura: “Por meio dela, tentamos encontrar sentido, referências para não nos perdermos do essencial. Ela dá proporção, equilibra a memória, limpa o pensamento”. Isso vale para escritores e leitores. 

A prosa de José Luiz Peixoto é poética. O livro é curtíssimo e simples. Quando a gente acaba, dá vontade de reler e chorar de novo. Impressiona demais como ele cuida da composição de palavras, ilumina o singelo do dia a dia. Nos mostra a grandeza dos acontecimentos mais prosaicos. O resultado é um concerto que toca a alma. Logo depois de lançado em Portugal, o livro teve um imenso reconhecimento da crítica e do público. Ganhou fama,  foi traduzido em inúmeros idiomas, é estudado em universidades nacionais e estrangeiras, virou objeto de teses de mestrado, doutorado  e artigos científicos. Quem me apresentou o livro foi Tainá Corrêa, jornalista do site e canal no YouTube Revista Bula, que trata de cultura. “Morreste-me” já entrou em várias listas da Revista Bula: “livros para ler em um dia”; “10 livros de tirar o fôlego”; “os 20 livros mais impactantes dos últimos 50 anos” e “15 livros que devem estar na sua lista de leituras em 2021”. Só por aí já dá pra saber que é um livro raramente esquecido. 

É triste, é bonito e, sem pieguices, fala da desesperança. Uma leitura delicada em tempos de lutos infinitos. Espero ouvir você na nossa reunião de leitores, sempre na última terça-feira do mês, dia 28 de setembro, às 21h

Conhece José Luís Peixoto?

José Luís Peixoto nasceu em Galveias, em 1974. É um dos autores de maior destaque da literatura portuguesa contemporânea. A sua obra ficcional e poética figura em dezenas de antologias, traduzidas num vasto número de idiomas, e é estudada em diversas universidades nacionais e estrangeiras. Em 2001, acompanhando um imenso reconhecimento da crítica e do público, foi atribuído o Prêmio Literário José Saramago ao romance “Nenhum olhar”. Em 2007, “Cemitério de pianos” recebeu o Prêmio Cálamo Otra Mirada, destinado ao melhor romance estrangeiro publicado na Espanha. Com “Livro”, venceu o Prêmio Libro d’Europa, atribuído na Itália ao melhor romance europeu do ano anterior. Em 2016, venceu o Prêmio Oceanos com “Galveias”. As suas obras foram ainda finalistas de prêmios internacionais como o Fémina (França), Impac Dublin (Irlanda) e Portugal Telecom (Brasil). Na poesia, o livro “Gaveta de papéis” recebeu o Prêmio Daniel Faria, e “A criança em ruínas” recebeu o Prêmio da Sociedade Portuguesa de Autores

O jornal francês “Le Monde”, considerou a obra “uma extraordinária forma de interpretar o mundo”.


“Um dos escritores mais dotados de seu país.”

— Le monde


“Peixoto tem uma extraordinária forma de interpretar o mundo, expressa pelas suas escolhas certeiras de linguagem e de imagens.”

— Times Litterary Supplement


O escritor português José Luís Peixoto é o autor de “Morreste-me”, obra de setembro do Clube do Livro do MyNews.
O escritor português José Luís Peixoto é o autor de “Morreste-me”, obra de setembro do Clube do Livro do MyNews. Foto: Reprodução (Arquivo Pessoal)

Como se tornar membro

Para se tornar membro do canal MyNews, acesse este link e clique no botão ‘Seja membro’:

Botão de membros no YouTube.
Botão de membros no YouTube. Foto: Reprodução MyNews.

Depois, preencha seus dados bancários. A cobrança é feita pelo próprio Youtube:

Cobrança automática do YouTube.
Cobrança automática do YouTube. Foto: Reprodução MyNews.

Ao se tornar membro do canal, você encontra os conteúdos exclusivos para membros pela comunidade do Youtube ou pela playlist dos Membros.

Relacionadas
INTERNACIONALIZAÇÃO
Canal MyNews abre escritório em Portugal e anuncia parceria com Almedina para publicar livros e realizar cursos online comercializados nos países de língua portuguesa
Imunização
Anúncio ocorre após resultados preliminares dos testes de fase dois e três. Tolerância ao imunizante é comparável à da faixa etária de 16 a 25 anos
CUMBRE VIEJA
Mesmo com intensa atividade no vulcão, a chance de um tsunami chegar ao Brasil ainda é considerada pequena por especialistas
CLUBE DO LIVRO
Obra do Clube do Livro está com 30% de desconto na Editora Dublinense. Dá tempo de comprar, ler e participar do bate-papo entre leitores e assistir a live com o autor
ESPECIAL
Nascido no Recife, em 19 de setembro de 1921, Paulo Freire acreditava numa educação libertadora, que colocasse as pessoas no centro do aprendizado e de uma contextualização da realidade, com suas diferenças e contradições
PANDEMIA
Neurocientista Steven Rehen destaca que efeitos são causados pela capacidade do Covid-19 alterar genes que fazem corpo responder a neuroinflamações e por provocar lesões microvasculares no cérebro
Inscreva-se na newsletter

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de Cookies. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.