balão MyNews Investe
Indicações de aplicações financeiras pelos convidados do programa
COLUNA DO GESTOR

Investimento em propriedades multifamily nos EUA é objetivo do Fundo IV, da CONTI Capital

A categoria de investimentos em propriedades multifamily existe há mais de 100 anos e conta com diversas unidades em uma só escritura, com objetivo de alugar
por 
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Fundada em 2008, no Texas, a CONTI Capital é uma companhia especializada em investimentos imobiliários nos Estados Unidos e acumula mais de USD 1 bilhão sob gestão captados por meio de três fundos e investidores em mais de 15 países, incluindo o Brasil. E para atender os investidores brasileiros, a gestora conta com um time em São Paulo, além dos escritórios em Dallas e Miami, nos EUA.

Somos especialistas em investimentos em propriedades multifamily – categoria de moradia existente há mais de 100 anos e que conta com diversas unidades em uma só escritura, todas voltadas ao aluguel, e temos em nosso portfólio mais de 25 propriedades baseadas no Texas, totalizando mais de 8 mil apartamentos. Desde a fundação da gestora, nossos investimentos tiveram um retorno anualizado de 17,2%.

Com vasta experiência na indústria imobiliária, forte cultura empresarial e uma busca incansável por resultados, a CONTI Capital foi incluída no prestigiado ranking Inc.5000 2021, que contempla as 5 mil empresas de crescimento acelerado e track record comprovados nos EUA.

Mirando em investidores qualificados, profissionais, family offices, wealth managers e fundos institucionais, lançamos em setembro deste ano, o nosso quarto fundo privado: o Fundo IV. Diferente dos outros, a captação de US$ 150 milhões será também para a incorporação de novas propriedades que contemplam apartamentos ou propriedades single-family para locação. Estimamos que o retorno anualizado seja de 10% a 14% e o prazo de duração do fundo será de quatro a cinco anos.

Nossa tese de investimento é alinhada com estimativas baseadas em dados do Census e Apartment List Calculations, dos EUA, que afirma que um em cada quatro locatários gastam 50% ou mais de sua renda com locação de residências e apartamentos.

Outras tendências identificadas no mercado norte-americano são o declínio da aquisição da casa própria, escassez de moradia e crescimento constante da demanda por moradias de aluguel, sendo que desde 2010 o número de locatários nos EUA cresceu à razão de 800 mil pessoas por ano, com expectativa de uma demanda para a construção de mais 4,2 milhões de apartamentos até 2030.

Ao mesmo tempo, estamos com um olhar atento para a região do Sun Belt, uma faixa que compreende os estados do Texas, a Georgia, Arizona, Tennessee, Flórida e as Carolinas do Sul e Norte e que conta com um PIB agregado de mais de US$ 6 trilhões e população em franco crescimento, o que gera uma demanda muito interessante para negócios imobiliários.

Ao longo da pandemia observamos um movimento migratório para esta região, considerando que hoje os profissionais podem trabalhar de qualquer lugar e que as empresas podem contar com benefícios fiscais competitivos nesses estados. Além disso, oferecem um ambiente pró-negócios, mão de obra qualificada, menor custo de vida e infraestrutura estabelecida são outros atrativos da região.

Esses fatores, aliados à nossa experiência no mercado norte-americano, nos permitem analisar um pipeline de US$ 4,6 bilhões em ativos na região do Sun Belt, com ótimo potencial para investimento.


Quem é Carlos Vaz?

Carlos Vaz é CEO e fundador da CONTI Capital

* As opiniões das colunas são de responsabilidade do autor e não refletem necessariamente a visão do Canal MyNews


Relacionadas
SEMANA TUMULTUADA
Apesar de negar saída de Paulo Guedes, cenário de incertezas na economia permanece e mercado questiona fragilização do arcabouço orçamentário
RISCO DE DESABASTECIMENTO?
Petrobras informou que recebeu uma “demanda atípica” para o mês e por isso não atenderá todos os pedidos. Associação de Distribuidoras havia alertado para possibilidade de desabastecimento
COM O PÉ DIREITO
A estreia na Bolsa de São Paulo é a primeira etapa da cisão entre a Getnet e o Santander. No dia 22, a empresa começa a negociar ações na Nasdaq
IMIGRAÇÃO
Não é fácil imigrar para a Alemanha como é para Portugal, mas há opções; como mostra a advogada Gloria Bezerra de Menezes, que tem escritório na região de Hamburgo
DECOLOU
Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos pode autorizar já na próxima semana fundos indexados (ETFs) vinculados à criptomoeda
ALERTA
Incertezas provocada pelas crises energética e hídrica também devem fazer o investidor apertar o cinto, pensar em diversificação da carteira e olhar para alternativas da renda fixa
Inscreva-se na newsletter

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de Cookies. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.