PANDEMIA NO BRASIL

Controle da pandemia depende de mais vacina

Estudo do Ação Covid-19 mostra que Estados precisam imunizar mais para deter o vírus
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O Brasil ainda está longe de controlar a transmissão da covid-19 e precisa intensificar a imunização. Dez Estados e o Distrito Federal precisam vacinar 45% ou mais para diminuir a quantidade de casos. A conclusão é de um estudo do grupo de pesquisa Ação Covid-19.

O levantamento realizou um ranking onde as maiores taxas de transmissão estão em Paraná, Roraima e Rio de Janeiro. A melhor situação está no Maranhão que tem menor taxa.

O professor da UFABC e coordenador do Ação Covid-19, José Paulo Guedes Pinto, explica que o objetivo é alertar os Estados.

“A vacinação anda a passos lentos no Brasil. É um dos países que menos vacina em termos relativos. Nosso estudo expressa as diferenças regionais. Tem estados que tem mais urgência para vacinar que outros. O estudo é um alerta de quais estados podem ter uma piora”, afirmou.

Os pesquisadores calcularam o percentual de vacinados em cada Estado para que a taxa de transmissão do vírus fique abaixo de 1, levando em conta a quantidade de vacinados e o avanço da doença.

Relacionadas
QUINTA CHAMADA
Apesar de a média móvel de mortes por Covid-19 ter reduzido, o Brasil ainda registra mais de mil óbitos diários em decorrência do novo coronavírus
FAZENDO HISTÓRIA
Ginasta Rebeca Andrade levou a prata no individual geral. Já a judoca Mayra Aguiar ficou com o bronze
HISTÓRIA DO AUDIOVISUAL
Cinemateca Brasileira está fechada há mais de um ano e acervo está sem manutenção. Ainda não é possível dizer o que foi perdido no incêndio
OPERAÇÃO POLICIAL
Homem apontado por viúva de capitão Adriano Nóbrega como mandante do assassinato da vereadora Marielle Franco será transferido para o Rio de Janeiro
SAÚDE
Ginasta abriu mão da competição para preservar saúde mental. Ela também está classificada para as finais de todos os aparelhos
FRIO
Entidades se organizam para receber doações de roupas e cobertores. Veja onde deixar a sua contribuição
Inscreva-se na newsletter

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de Cookies. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.