PANDEMIA

Morre Paulo Gustavo, aos 42 anos, por complicações da covid

O artista estava internado desde o dia 13 de março em hospital no Rio de Janeiro
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Morreu na noite desta terça-feira (4), aos 42 anos, o ator Paulo Gustavo, vítima de complicações da covid-19. Ele estava internado desde o dia 13 de março na Unidade de Terapia Intensiva no Hospital Copa Star, em Copacabana, Zona Sul do Rio de Janeiro. A morte foi confirmada pelo perfil oficial do artista.

No começo de março, quando foi internado, Paulo Gustavo informou que a medida estava sendo tomada por orientação médica para fazer um melhor acompanhamento da evolução da covid-19 e agradeceu pelas mensagens de apoio.

Morre Paulo Gustavo, aos 42 anos, por complicações da covid. Foto: Reprodução/Instagram
Morre Paulo Gustavo, aos 42 anos, por complicações da covid. Foto: Reprodução/Instagram

No dia 21 do mesmo mês, o ator foi intubado por causa da falta de ar. O estado de saúde de Paulo Gustavo piorou no começo de abril e ele passou a utilizar uma terapia que se assemelha ao uso de um pulmão artificial, chamado ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea, na tradução para o português). De acordo com a equipe médica, o objetivo desse tratamento era permitir uma melhor recuperação da função pulmonar.

No último domingo (2), no entanto, ele teve embolia, insuficiência cardíaca e lesões cerebrais devido a uma fístula broncovenosa, quadro que acabou culminando no falecimento do ator.

Carreira

Paulo Gustavo nasceu em Niterói, no Rio de Janeiro, em 1978. Era ator, humorista, diretor, roteirista e apresentador. Ganhou destaque em 2004 com peça “Surto”, quando criou a personagem Dona Hermínia.

Em 2006, Paulo Gustavo estreou o espetáculo “Minha Mãe É Uma Peça”, que ganhou uma adaptação em 2013 no cinema. O longa metragem se tornou o filme brasileiro de maior bilheteria e ganhou duas sequências em 2016 e em 2019.

Paulo Gustavo no papel de Dona Hermínia do filme “Minha mãe é uma peça”. Foto: redes sociais

Na TV, Paulo Gustavo fez participações em programas da TV Globo como “Minha Nada Mole Vida”, “A Diarista”, “Casos e Acasos” e “Sítio Do Pica-Pau Amarelo”. Ganhou destaque pelo papel do cabeleireiro Reneè no filme e no seriado “Divã”, estrelado por Lilia Cabral. No canal Multishow, participou dos programas “Vai Que Cola”, “Paulo Gustavo na Estrada” e “A Vila”.

Paulo Gustavo era casado com o médico Thales Bretas desde dezembro de 2015. Eles são pais de filhos gêmeos que nasceram em agosto de 2019.

Inscreva-se na newsletter
Relacionadas
Literatura
Mitologia presente nas mais diversas culturas, o roubo do fogo é elemento central na nova obra de Mussa, publicado em 17 países
Direitos Humanos
Organização faz parte de grupo 61 entidades que enviaram carta à OCDE apontando políticas “incompatíveis” do Brasil
Faixa de Gaza
Região é palco de intensos embates, que já ocasionaram dezenas de mortes e deixaram centenas de feridos
Chacina do Jacarezinho
Palco de um conflito social estruturado desde os tempos da escravidão, a favela do Jacarezinho vive hoje, talvez, seu pior momento
Pandemia
Durante Audiência Pública no Senado, líderes estaduais pedem celeridade na aquisição de vacinas contra o coronavírus
8 mortes confirmadas
Mais de 20 pessoas ficaram feridas e foram hospitalizadas. Suspeito de 19 anos foi detido pela polícia e uma arma foi apreendida

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de Cookies. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.