LUTO

Cristiana Lôbo foi uma desbravadora na análise política

Cristiana Lôbo foi uma das primeiras mulheres a realizar análise política na TV. Começou a carreira em Goiânia e trabalhou em grandes veículos de mídia durante toda a vida, com destaque para as análises políticas na GloboNews
por 
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Morreu nesta quinta (11), em São Paulo, aos 64 anos, a jornalista da GloboNews Cristiana Lôbo. A jornalista sofria de mieloma múltiplo – um tipo de câncer na medula óssea, para o qual realizava tratamento há alguns anos. Cristiana Lôbo foi internada no último final de semana no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, com um quadro de pneumonia. Ela deixa o marido, dois filhos e dois netos.

Cristiana Lôbo
Cristiana Lôbo faleceu nesta quinta (11), aos 64 anos. Ela se tratava de um mieloma múltiplo há três anos e estava internada por conta de uma pneumonia/Foto: Reprodução/Redes Sociais

Cristiana Lôbo iniciou a carreira em Goiânia, escrevendo em jornais locais. Começou a trabalhar no jornal O Globo em 1979. Teve uma coluna no jornal Estado de S. Paulo na década de 1990 e ganhou maior destaque como analista política na televisão.

Estreou na GloboNews em 1997 e também foi analista de política na TV Globo, além de manter um blog no portal G1. Foram mais de 30 anos dedicados ao jornalismo. Ela estava afastada da GloboNews, de licença médica, desde o ano passado.

A jornalista Mara Luquet, uma das fundadoras do Canal MyNews, lamentou o falecimento de Cristiana Lôbo. “Uma boa amiga, generosa, querida. E uma jornalista admirável. Estou triste, muito triste mesmo. Um momento difícil para o jornalismo, para os brasileiros”, disse Mara Luquet.

Myrian Clark prestou uma homenagem a Cristiana Lobo no Almoço do MyNews desta quinta, juntamente com duas ex-integrantes do grupo de jornalistas que ficou conhecido como “As Meninas do Jô” – que participavam do programa de Jô Soares na Rede Globo: Ana Maria Tahan e Lúcia Hipólito.

“Tivemos uma convivência longa. Ela fez a transição do impresso para a TV muito antes de todo mundo, foi para a GloboNews, fazia uma análise da notícia política. Era um terreno que poucas mulheres jornalistas exploravam e abriu as portas para um domínio que hoje é predominantemente feminino na área”, falou Ana Maria Tahan, dizendo que Cristiana Lôbo se tratava do mieloma há três anos.

A jornalista e historiadora Lúcia Hipólito disse que apesar de estar triste, falar sobre Cristiana Lôbo é sempre uma alegria. “Hoje é um dia muito triste para nós todas, mas é uma alegria falar da Cristiana. Uma grande repórter, tinha muitas fontes e passou a fazer uma análise política muito perto do que todos entendiam. Foi uma desbravadora e uma analista de primeira ordem”, lembrou Lúcia Hipólito.

Veja a homenagem à Cristiana Lôbo no Almoço do MyNews, no Canal MyNews, com participação de Ana Maria Tahan e de Lúcia Hipólito

Relacionadas
NO TWITTER
Polarização e ataques organizados e institucionalizados à liberdade de imprensa potencializam discurso misógino contra profissionais que cobrem política
Ômicron
Batizada de ômicron, a nova variante do Covid-19 é bastante transmissível e já foi identificada em países da África, Europa e na China. Medidas sanitárias, como uso de máscara e distanciamento social continuam necessárias. Vacinação precisa avançar em todo o mundo
ALERTA
Grupos antivax se refugiam no aplicativo Telegram e negociam comprovantes falsos de vacinação. Canais têm número ilimitado de participantes e são parte de problema maior. MyNews acompanhou fóruns e mostra como movimento anticiência se fortalece com a desinformação
ALERTA
Garimpo ilegal foi organizado após boatos sobre descoberta de ouro na região. Atividade é de grande impacto ambiental
Ventre livre?
Mulheres resistem com ações coletivas para tornar realidade a libertação que nunca saiu do papel
CONFERÊNCIA DO CLIMA
Para a ativista indígena Txai Suruí COP26 teve de positiva a visibilidade alcançada pelos povos indígenas e pelo movimento quilombola. Liderança jovem ainda vê o mundo distante de alcançar metas para contornar a crise climática
Inscreva-se na newsletter

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de Cookies. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.