balão MyNews Investe
Indicações de aplicações financeiras pelos convidados do programa
DECEPÇÃO

Geração de empregos nos Estados Unidos abaixo do esperado

Expectativa para divulgação do payroll pelo Departamento do Trabalho dos Estados Unidos era grande e números vieram abaixo do esperado
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Não que seja uma novidade, claro, mas o mundo estava com os olhos voltados para os Estados Unidos nesta sexta-feira. A expectativa era grande para a divulgação pelo Departamento do Trabalho do payroll, o relatório de empregos não-agrícolas do país. E os números vieram bem abaixo do esperado. O documento apontou uma geração de 194 mil postos de trabalho em setembro. Resultado bem distante dos 500 mil postos projetados pelos analistas.

A previsão otimista do mercado levava em conta a redução da onda de infecções por Covid-19 durante o verão norte-americano. Com isso, haveria uma demanda maior por serviços que exigem contato, como, por exemplo, a alimentação fora de casa. Aparentemente, não foi o que aconteceu e o resultado “tímido” do mês passado agora pode esfriar a possibilidade de uma rápida aceleração no crescimento econômico do país governado por Joe Biden.

Fim da pandemia deve favorecer troca de emprego
Números do payroll foram abaixo do esperado pelo Departamento de Trabalho dos Estados Unidos/Foto: Pixabay

Tamanha ansiedade – e frustação – com o payroll se explica porque o relatório de emprego é o único dado disponível antes da reunião de política monetária do Federal Reserve, o banco central dos Estados Unidos. O encontro está marcado para os dias 2 e 3 de novembro. O que os investidores agora querem saber é como ele irá influenciar o Fed na decisão de retirar estímulos à economia e aumentar a taxa de juros.

Por conta da pandemia da Covid-19, em 2020, foram injetados mais de US$ 3 bilhões na economia norte-americana. E, neste ano, também como uma forma de ajudar o mercado a lidar com a crise econômica, o Federal Reserve passou a comprar todos os meses US$ 120 bilhões em títulos públicos. O presidente do Fed, Jerome Powell, tinha dito, mês passado, que “um relatório de empregos razoavelmente bom” poderia levar o banco central a iniciar a retirada dos estímulos.

Dados da economia dos Estados Unidos no mês de agosto foram revisados

Mas o payroll divulgado nesta sexta-feira não foi de todo ruim para a economia dos Estados Unidos. Os dados de agosto foram revisados e, ao invés da criação de 235 mil vagas anteriormente divulgadas, foram registrados efetivamente 366 mil novos postos de trabalho no país naquele mês. Outro dado positivo foi o recuo da taxa de desemprego, de 5,2% em agosto para 4,8% em setembro.

Saiba mais sobre os principais assuntos de economia e investimentos no MyNews Investe, no Canal MyNews, com apresentação de Mara Luquet e Thais Skodowisk

Relacionadas
COLUNA DO GESTOR
A categoria de investimentos em propriedades multifamily existe há mais de 100 anos e conta com diversas unidades em uma só escritura, com objetivo de alugar
SEMANA TUMULTUADA
Apesar de negar saída de Paulo Guedes, cenário de incertezas na economia permanece e mercado questiona fragilização do arcabouço orçamentário
RISCO DE DESABASTECIMENTO?
Petrobras informou que recebeu uma “demanda atípica” para o mês e por isso não atenderá todos os pedidos. Associação de Distribuidoras havia alertado para possibilidade de desabastecimento
COM O PÉ DIREITO
A estreia na Bolsa de São Paulo é a primeira etapa da cisão entre a Getnet e o Santander. No dia 22, a empresa começa a negociar ações na Nasdaq
IMIGRAÇÃO
Não é fácil imigrar para a Alemanha como é para Portugal, mas há opções; como mostra a advogada Gloria Bezerra de Menezes, que tem escritório na região de Hamburgo
DECOLOU
Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos pode autorizar já na próxima semana fundos indexados (ETFs) vinculados à criptomoeda
Inscreva-se na newsletter

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de Cookies. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.