2022

Lula venceria Bolsonaro no 2º turno por 55% a 32%, diz pesquisa Datafolha

É a primeira pesquisa do instituto desde a anulação das condenações do ex-presidente pelo ministro do STF Edson Fachin
por 
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) venceria com folga o atual, Jair Bolsonaro (sem partido), no segundo turno das eleições de 2022, aponta pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta-feira (12). Em uma eventual disputa, o petista derrotaria o atual presidente por 55% a 32%. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

O levantamento foi feito de forma presencial nos dias 11 e 12 de maio. Ao todo, foram ouvidas 2.071 pessoas de 146 municípios. É a primeira pesquisa do Datafolha feita desde que o ministro do Supremo Tribunal Federal Edson Fachin anulou as condenações de Lula pela Operação Lava Jato.

Primeiro turno

Segundo a pesquisa, Lula tem margem confortável também no primeiro turno das eleições: o petista detém 41% das intenções de voto, ante 23% de Bolsonaro. Na sequência, aparecem na corrida eleitoral os seguintes nomes:

  • Sergio Moro (sem partido), com 7%;
  • Ciro Gomes (PDT), com 6%;
  • Luciano Huck (sem partido), com 4%;
  • João Doria (PSDB); com 3%;
  • Luiz Henrique Mandetta (DEM) e João Amoêdo (Novo), com 2%.

Entre os interpelados pela pesquisa, 9% disseram que votariam em branco, nulo ou em nenhum candidato, enquanto 4% se disseram indecisos.

Em entrevista ao MyNews, o cientista político Creomar de Souza afirmou que a pesquisa mostra o impacto da pandemia na popularidade do presidente Bolsonaro, mas lembrou que as eleições ainda estão distantes.

“A pandemia vem dentro da ideia de uma tempestade perfeita: pandemia, crise econômica, desemprego, o auxílio emergencial que foi interrompido… Tudo isso tem gerado uma situação que aumenta a rejeição ao presidente Bolsonaro. Mas é importante lembrar que a gente ainda tem um longo percurso, as eleições são só no ano que vem. As pesquisas acabam sendo um retrato, a fotografia exata de um instante”, afirmou.

Inscreva-se na newsletter
Relacionadas
Eleições 2022
Em evento no Pará na última sexta-feira, Bolsonaro exibiu camiseta com menção à disputa em 2022
CPI DA PANDEMIA
Relator divulgou lista com 14 nomes; inclui Wizard, Wajngarten, Capitã Cloroquina
Entrevista
Ex-senador afirma ter sido vítima de uma “verdadeira aberração jurídica”
2022
Renato Pereira, contratado por Freixo, fez delação premiada que baseou denúncia contra prefeito do Rio
Privatização
Em corrida contra o tempo, Arthur Lira marcou para segunda (21) votação da MP, que vence na terça
PRIVATIZAÇÃO
Projeto que permite privatização da Eletrobras volta para Câmara. MP perde validade na terça se não for aprovada

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de Cookies. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.