RIO DE JANEIRO

Sobe para 29 o número de mortos no Jacarezinho

Entre as vítimas estão um policial e 28 pessoas que, segundo a polícia, seriam criminosos
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A Polícia Civil do Rio de Janeiro informou que subiu para 29 o número de mortos na ação policial desta quinta-feira (6) no Jacarezinho, Zona Norte da capital. Entre os mortos estão um policial e 28 pessoas que, segundo a polícia, seriam suspeitos.

Rio de Janeiro - Operação feita pelas polícias Civil e Militar, com o apoio das Forças Armadas, da Força Nacional de Segurança e da Polícia Federal, no Morro dos Macacos, em Vila Isabel, zona norte do Rio (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Rio de Janeiro – Operação feita pelas polícias Civil e Militar, com o apoio das Forças Armadas, da Força Nacional de Segurança e da Polícia Federal, no Morro dos Macacos, em Vila Isabel, zona norte do Rio (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Até o momento, os mortos ainda não foram identificados. A Defensoria Pública, a Anistia Internacional, o Supremo Tribunal Federal e até a ONU pediram uma investigação sobre o caso.

A antropóloga e pesquisadora de segurança pública da Universidade Federal Fluminense, Jacqueline Muniz, criticou a operação.

“Essa operação é um desastre. Com as informações que dispomos, ela não segue qualquer parâmetro técnico, profissional de polícia, da doutrina profissional e concreto do uso de força que valide a tomada de decisão policial, a escolha de ação e a produção de resultados. No Rio de Janeiro, as operações passaram a ser rotineiras, não se faz mais policiamento”, declarou.

Relacionadas
Investigação apura acusação feita por Moro de que Bolsonaro tentou interferir na Polícia Federal
VOTO IMPRESSO
Possível presença do delegado-geral da PF, que não se concretizou, gerou receio de politização da corporação no debate sobre voto impresso
LIVE DO PRESIDENTE
Em uma transmissão de um pouco mais de duas horas, o presidente resgatou vídeos da internet que comprovariam fraudes nas eleições de 2014 e 2018, atacou o TSE, a imprensa e elogiou seus ministros
SISTEMA ELEITORAL
Em entrevista ao Café do MyNews, Diogo Rais avalia que a pressa pela mudança no sistema de votação pode levar a um colapso
Fake News
Nas redes sociais, STF divulgou campanha rebatendo posicionamento federal de que teria tirado a competência do governo no combate à pandemia
QUARTA CHAMADA
Além de investigar contratos irregulares, CPI da Pandemia vai convocar novamente pessoas que mentiram em depoimento
Inscreva-se na newsletter

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de Cookies. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.