Desgaste internacional

Financial Times publica artigo sobre Bolsonaro e diz que ele está “mais isolado do que nunca”

Jornal britânico é um dos mais respeitados e lidos do mundo, principalmente por líderes de governo e investidores internacionais
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

“Mais isolado do que nunca” e “Um dos maiores céticos do coronavírus do mundo”. Estas duas afirmações são sobre o presidente Jair Bolsonaro e foram publicadas no sábado (3) pelo jornal britânico Financial Times, um dos mais lidos do mundo.

No editorial, exclusivo para assinantes, o jornal traz uma análise sobre os recentes acontecimentos do governo federal, a forma com que o país tem enfrentado a pandemia e os desdobramentos políticos dentro das Forças Armadas com a demissão dos três chefes na semana passada.

Jornal 'Financial Times' afirma que Bolsonaro está "mais isolado do que nunca" e que perde forças políticas para as eleições de 2022.
Jornal ‘Financial Times’ afirma que Bolsonaro está “mais isolado do que nunca” e que perde forças políticas para as eleições de 2022. Foto: Marcelo Camargo (Fotos Públicas).

A tradução do título do artigo em inglês é : “O pesadelo de coronavírus do Brasil: ‘Bolsonaro está mais isolado do que nunca’”. O texto informa que “a mudança aprofundou a crise política sobre a oposição teimosa de Bolsonaro aos bloqueios e as ameaças do ex-capitão do Exército de usar os militares contra as autoridades locais que tentaram impô-lo”.

Outro fato recente ocorrido no Brasil e que o artigo destaca é a carta aberta assinada por cerca de 500 empresários, economistas, banqueiros e ex-ministros que exige coordenação nacional de medidas que combata a pandemia no país. “Centenas de líderes empresariais proeminentes”, descreve o jornal.

O episódio da “gripezinha”, os questionamentos das vacinas e a insistência do líder da nação em não usar máscara de proteção também são destacados no artigo do jornal. 

“Um dos maiores céticos do coronavírus do mundo, Bolsonaro recusou-se a usar máscara durante a maior parte do ano passado, criticou as vacinações e classificou a pandemia como ‘uma gripezinha’. Ele agora está lutando para manter seu governo unido e suas esperanças de reeleição vivas em meio a alguns dos piores números da covid-19 do mundo”, relata um trecho da publicação.

Não é somente Bolsonaro que é citado no texto que também traz informações sobre as projeções para a eleição de 2022 e a presença do ex-presidente Lula como candidato. “Com o retorno do ex-presidente de esquerda Luiz Inácio Lula da Silva à política depois que sua condenação por corrupção foi anulada, Bolsonaro não é mais o favorito nas eleições do próximo ano.”, evidencia o texto.

O Financial Times foi fundado em 1888 e é um dos jornais mais tradicionais do Reino Unido. Com publicações diárias, é conhecido por estar entre as principais leituras de líderes mundiais e por embasar debates políticos e econômicos em todo o mundo, além de ser um dos jornais mais lidos por investidores internacionais.

Inscreva-se na newsletter
Relacionadas
MUNDO
No MyNews Traduz, o crescimento chinês foi o assunto e mostrou os motivos do avanço do país asiático
PANDEMIA
América do Sul passou Europa em mortes diárias, puxada por piora da pandemia no Brasil
Clube do Livro do MyNews
Obra de Bernardo Carvalho é o livro do mês do Clube do Livro do MyNews. Nesse ano, está na lista da Fuvest
Ciência
Pesquisa da USP indica que pacientes com mais massa muscular tendem a permanecer menos tempo no hospital
VIOLÊNCIA NOS EUA
Outras 6 pessoas ficaram feridas no ataque. Uma série de tiroteios foi registrada no último mês
Diplomacia
Fabiana Alves destaca que o clima é pauta das relações internacionais e de acordos comerciais

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de Cookies. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.